O salão online de equipamentos médico-hospitalares

Que estetoscópio escolher?

O estetoscópio é um instrumento de diagnóstico por auscultação utilizado sobretudo em medicina, inclusivamente veterinária. Permite escutar principalmente os sons cardíacos e pulmonares, que se produzem no interior do organismo.

Estetoscópios: ver produtos

  • Quais os diferentes tipos de estetoscópios?

    Estetoscópio Pinard de madeira da KaWe

    Estetoscópio Pinard de madeira da KaWe

    Os estetoscópios dividem-se em duas categorias principais: mecânicos e eletrónicos.

    1. Estetoscópios mecânicos:

    • Os estetoscópios mecânicos pediátricos e para adultos apresentam certas diferenças, nomeadamente ao nível do auscultador. Muitos clínicos optam por usar dispositivos distintos para as crianças e para os adultos. Existem, no entanto, muitos modelos versáteis, que permitem auscultar miúdos e graúdos com a mesma precisão. Alguns estetoscópios possuem auscultadores intercambiáveis, que o profissional de saúde pode trocar facilmente em função do tipo de paciente.

     

    • Os estetoscópios de Pinard, que devem o nome ao seu inventor, são dispositivos obstétricos, em madeira ou alumínio, concebidos especificamente para ouvir os batimentos cardíacos do feto no útero materno. Este tipo bastante particular de estetoscópio, em forma de cone alongado que se termina numa placa cilíndrica perfurada, permite amplificar o som da frequência cardíaca do feto.

     

    • Os estetoscópios mecânicos para cardiologia têm uma alta sensibilidade acústica, ajudando os médicos a detetar determinadas patologias cardíacas e pulmonares. Certos modelos podem ser utilizados em adultos e crianças. Trata-se, na sua maioria, de instrumentos de elevado desempenho e extremamente completos.

     

    2. Estetoscópios electrónicos:

    • Estes modelos, muito utilizados por pneumologistas e cardiologistas, são particularmente eficazes na atenuação dos ruídos externos e na amplificação, sem distorções, dos sons a analisar. Oferecem ao clínico uma qualidade de auscultação perfeita e de alta precisão. O ritmo cardíaco do paciente é exibido num ecrã LCD. Alguns modelos estão equipados com uma ligação Bluetooth que permite enviar, em tempo real, os sons cardíacos e pulmonares para um PC. Deste modo, é possível gravar os sons, visualizá-los, armazená-los ou partilhá-los com um colega. Certos modelos permitem, ainda, voltar a ouvir os sons captados a uma velocidade mais reduzida. Estes estetoscópios destinam-se, principalmente, a especialistas que necessitem de realizar diagnósticos mais aprofundados ou de analisar posteriormente as auscultações dos seus pacientes.
  • Que elementos compõem um estetoscópio convencional?

    Os estetoscópios convencionais são compostos por três partes principais: o auscultador, o arco e o tubo. Existem, contudo, estetoscópios com configurações diferentes, como os estetoscópios fetais de Pinard, que não possuem arco nem tubo.

    • Auscultador: é a parte que entra em contacto com a pele do paciente e que capta os sons. Por sua vez, o auscultador é constituído por três elementos:
      • Diafragma, ou membrana: face plana do recetor, que permite ouvir sons de média a alta frequência.
      • Campânula: face côncava do recetor, que permite ouvir sons de baixa frequência. Os estetoscópios duplos são compostos por uma face com diafragma e outra com campânula. Basta virar o auscultador para ouvir alternadamente os sons de baixa e de alta frequência.
      • Base: conexão que liga o auscultador ao tubo.
    • Tubo: liga o auscultador ao arco metálico e é responsável pela propagação dos sons. Os modelos com tubo de lúmen duplo facilitam a propagação dos sons, que chegam assim mais nítidos ao canal auditivo do profissional de saúde.
    • Arco metálico: parte do estetoscópio na qual se encaixam as extremidades em Y do tubo. O arco é constituído por três elementos:
      • Molas ajustáveis: ajustam a tensão das hastes auriculares ao rosto do utilizador.
      • Hastes auriculares: é possível escolher o ângulo destas de acordo com a anatomia do utilizador.
      • Olivas: podem ser macias ou rígidas. Por razões de segurança, são geralmente difíceis de separar das hastes. Alguns estetoscópios vêm com um par adicional de olivas macias e um par de olivas rígidas.
  • Que pormenores ter em conta ao escolher um estetoscópio convencional?

    Estetoscópio simples Spengler

    Estetoscópio simples Spengler

    Certos pormenores podem influenciar a qualidade do diagnóstico ou simplesmente tornar a utilização do estetoscópio mais confortável para o profissional. Assim, é aconselhável ponderar os aspetos seguintes.

    • Estetoscópio de face simples ou dupla?
      • estetoscópio simples não lhe permite alternar entre a escuta de sons de baixa e de alta frequência pelo simples virar do auscultador. Porém, se este estiver equipado com uma membrana de dupla frequência, poderá escutar os sons de baixa frequência aplicando uma leve pressão sobre o auscultador, e os de alta frequência exercendo uma pressão mais forte. O auscultador com uma única face também limita as perdas de sons durante a auscultação, oferecendo uma propagação sonora perfeita. Além disso, é o tipo de auscultador mais adequado à medição manual da pressão sanguínea, pois o seu formato plano torna-o fácil de colocar por baixo da braçadeira do esfigmomanómetro.

       

      • O estetoscópio duplo permite, antes de mais, escutar diferentes tipos de sons provenientes não só do coração e dos pulmões mas também das artérias carótidas e do abdómen. Por exemplo, a campânula posicionada ao nível das passagens da artéria carótida permite ouvir os sons característicos de uma eventual estenose. Colocada sobre a parte central do abdómen, ajuda a detetar um sopro sistólico, que pode indiciar um aneurisma da aorta.
        Outra vantagem do estetoscópio duplo é o facto de poder ser utilizado para auscultar tanto adultos como crianças. A face maior permite examinar pacientes adultos e/ou de maior corpulência, enquanto a face mais pequena é usada para crianças ou para adultos relativamente magros. Alguns modelos têm uma membrana de dupla frequência em ambas as faces do auscultador, o que otimiza a auscultação de pacientes adultos e pediátricos.

     

    Estetoscópio duplo Littmann

    Estetoscópio duplo Littmann

    • Tubo com lúmen único ou duplo? O tubo com lúmen duplo, ou seja, com duas vias sonoras no seu interior, permite a transmissão estéreo e, portanto, mais nítida dos sons críticos. Além disso, evita qualquer perda de potência. Em suma, pode dizer-se que o tubo com lúmen duplo oferece uma qualidade de som bastante superior à do tubo simples.

     

    • De que material pode ser feito o tubo? Consoante os modelos, encontramos tubos de PVC, látex, borracha, etc. Alguns não contêm látex nem resina natural, a fim de prevenir eventuais reações alérgicas por parte dos pacientes e dos profissionais de saúde que o utilizam.

     

    • Olivas macias ou rígidas? As olivas macias, geralmente, oferecem maior conforto do que as rígidas, bem como melhor isolamento acústico e maior durabilidade. Quer as olivas macias quer as rígidas estão disponíveis em dois tamanhos.

     

    • Com ou sem anéis antifrio? Estes anéis proporcionam maior conforto ao paciente, evitando o contacto direto deste com o metal frio do auscultador, o que assume especial importância quando se trata de crianças.
  • Qual o estetoscópio mais adequado a cada especialidade?

    Os profissionais de saúde irão escolher um estetoscópio em função do tipo de pacientes e das patologias que tratam. Referimos, em seguida, as escolhas mais apropriadas para profissionais de saúde de seis áreas distintas: médicos de clínica geral, pediatras, pneumologistas e cardiologistas, enfermeiros, fisioterapeutas e médicos veterinários.

    • Médicos de clínica geral:
      Os médicos de clínica geral servem-se diariamente do estetoscópio, principalmente para a auscultação cardíaca e pulmonar de pacientes de todas as idades. A maioria opta por um modelo com auscultador de face dupla (intercambiável) a fim de poder examinar adultos e crianças com o mesmo dispositivo.

     

    • Pediatras:
      Contrariamente aos médicos de clínica geral, os pediatras só estão em contacto com crianças. Por conseguinte, equipam-se com um modelo específico, que difere dos dispositivos para adultos principalmente pelo tamanho do auscultador. Para que as crianças se sintam menos intimidadas durante a auscultação, alguns estetoscópios pediátricos estão disponíveis em cores garridas ou trazem figuras de animais que podem fixar-se ao auscultador e trocar-se facilmente. A maioria dos estetoscópios pediátricos tem um auscultador com uma única face e um anel antifrio.

     

    • Pneumologistas e cardiologistas:
      Estes especialistas preferem, geralmente, estetoscópios eletrónicos, que lhes oferecem uma acústica de alta precisão e a representação gráfica dos sons pulmonares e cardíacos no ecrã. O seu preço de compra é, de facto, mais elevado, mas apresentam uma qualidade incomparável na auscultação de altas e baixas frequências para detetar possíveis patologias pulmonares e cardíacas. Isto porque um estetoscópio eletrónico é capaz amplificar um som até 20 vezes mais do que um estetoscópio convencional.

     

    • Enfermeiros:
      Os enfermeiros usam o estetoscópio, sobretudo, para medir a pressão arterial juntamente com um esfigmomanómetro manual.

     

    • Fisioterapeutas:
      Os fisioterapeutas utilizam o estetoscópio para auscultação pulmonar dos pacientes no início e no final da sessão de fisioterapia. Tratando-se, essencialmente, de uma avaliação pulmonar, em geral optam por um estetoscópio simples.

     

    • Veterinários:
      Utilizam estetoscópios específicos para a auscultação de certos tipos de animais. Estes dispositivos assemelham-se bastante aos estetoscópios mecânicos convencionais.
Guias relacionados
1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (No Ratings Yet)
Loading...
Ainda não há comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será visível. Os campos de preenchimento obrigatório estão assinalados com *