Que cama hospitalar escolher?

As camas hospitalares são camas concebidas para pacientes hospitalizados e para outras pessoas que necessitem de cuidados especiais. Visam oferecer maior conforto e bem-estar aos pacientes, bem como facilitar o trabalho dos profissionais de saúde e cuidadores. Assim, estas camas possuem características particulares, nomeadamente altura regulável, estrado articulado, grades laterais e comando elétrico da cama e, eventualmente, de outros dispositivos, como a televisão e a iluminação, por exemplo.

Os termos “camas hospitalares” e “leitos hospitalares”, embora designem o móvel propriamente dito, também são utilizados para indicar a capacidade de um estabelecimento de saúde, que é geralmente expressa em número de camas ou leitos.

Camas hospitalares: ver produtos

  • Quais os critérios para escolher uma cama hospitalar?

    Cama para pessoas obesas da Arjo

    A escolha de uma cama hospitalar deve levar em conta dois critérios fundamentais: o tipo de estabelecimento ou unidade de saúde e o tipo de doentes a que a cama se destina.

    A cama deve ser escolhida em função do estabelecimento/unidade de saúde em que será utilizada e, por conseguinte, dos cuidados aí prestados:

    Além disso, existem camas com características específicas para determinados tipos de pacientes:

  • Quais as opções disponíveis em camas hospitalares?

    Cama hospitalar extrabaixa da Wissner-Bosserhoff

    As camas hospitalares podem oferecer diversas opções relacionadas com o conforto dos pacientes e dos cuidadores, com a facilidade de transporte, a segurança, etc. Referimos, em seguida, as principais opções disponíveis no mercado, que poderá selecionar consoante o tipo de cuidados e de paciente a que a cama se destina.

    • Conforto do paciente. Há vários aspetos importantes para o posicionamento e conforto do paciente, designadamente:
      • O número de secções articuladas do estrado;
      • As posições possíveis: Trendelenburg, anti-Trendelenburg (ou Trendelenburg reverso), posição sentada, etc.
      • A existência de um mecanismo de elevação das pernas;
      • A altura da cama: por exemplo, uma cama extrabaixa pode facilitar a autonomia do paciente.
    • Ergonomia para os profissionais de saúde e cuidadores. Porque o conforto dos profissionais de saúde e dos cuidadores também é importante, há opções que podem tornar o seu trabalho mais ergonómico, tais como:

    Cama elétrica da Favero

    • Facilidade de movimentação da cama. Há camas com características que facilitam o transporte dos pacientes entre diferentes serviços de um hospital, por exemplo:
      • Cama com rodas;
      • Cama com pedais de ambos os lados para travar e destravar as rodas;
      • Cama com deslocação motorizada.
    • Segurança do paciente. Para aumentar a segurança dos pacientes e prevenir quedas da cama, são diversas as opções disponíveis:
      • Cama com guardas laterais rebatíveis ou amovíveis;
      • Alarme de segurança que avisa que o paciente já não se encontra na cama;
      • Cama extrabaixa para evitar quedas graves;
      • Modo RCP, que permite, carregando apenas num botão, colocar a cama na posição horizontal para a reanimação do paciente.
    • Preço. O preço da cama irá variar em função do modelo escolhido e das respetivas opções. Por exemplo, as camas articuladas manuais são mais baratas do que as camas elétricas e podem ser uma solução adequada para pacientes que não necessitem que se mude frequentemente a altura da cama ou a inclinação das suas secções. As camas articuladas semielétricas podem representar um bom compromisso entre a facilidade de utilização e o preço.
  • Como escolher uma cama hospitalar para cuidados domiciliários?

    Cama para cuidados domiciliários da marca MMO+

    No caso das camas para cuidados domiciliários, nem sempre são necessárias as mesmas funcionalidades que geralmente exigem as camas utilizadas em hospitais. Pode, por exemplo, prestar‑se mais atenção ao conforto do paciente e à vertente estética da cama. De seguida, são referidos os principais critérios a ter em conta na escolha e na compra de uma cama para cuidados domiciliários.

    • Facilidade de utilização: algumas características facilitam a utilização diária do equipamento, tais como a articulação do estrado por acionamento elétrico, a inclinação fácil do encosto, desmontagem rápida, etc.
    • Modularidade: pode optar‑se por um modelo com cabeceira e peseira desmontáveis, grades laterais de encaixe rápido, etc.
    • Estética: os fabricantes deste tipo de camas disponibilizam uma grande variedade de designs e acabamentos, por exemplo em madeira, permitindo escolher um modelo em adequação com o estilo do quarto.
    • Dimensões: é possível optar por uma cama de solteiro ou de casal. As dimensões da cama são muito importantes, devendo o comprimento ser superior à altura do paciente.
  • Que tipo de colchão escolher para uma cama hospitalar?

    Colchão antiescaras da Arjo

    Há vários fatores a ter em consideração ao escolher um colchão para uma cama hospitalar, tais como a flexibilidade, a espessura, a facilidade de lavagem e as propriedades para prevenção de escaras.

    • Flexibilidade: o colchão deve ser suficientemente flexível para se adaptar aos diferentes movimentos do estrado articulado.
    • Espessura: o conforto do paciente vai depender, em grande parte, da espessura do colchão. Se o paciente tiver de passar mais de 12 horas por dia na cama, é preferível investir num colchão de maior espessura, que será mais confortável.
    • Lavável: o colchão deve ser fácil de lavar. Para pessoas que sofram de incontinência, é essencial um colchão com uma capa antimicrobiana. Aconselha‑se, ainda, a escolha de um colchão e de uma capa impermeáveis e resistentes a manchas.
    • Antiescaras: alguns colchões reduzem o risco de aparecimento de úlceras de pressão. Podem ser de espuma viscoelástica ou pneumáticos. Os colchões viscoelásticos distribuem o peso de forma homogénea e adaptam-se às variações de peso e de pressão das diferentes partes do corpo, prevenindo a formação de escaras. Os colchões pneumáticos são compostos por um determinado número de células de ar e utilizados com um compressor, que regula automaticamente a pressão do ar no interior dessas células.
Guias relacionados
1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (No Ratings Yet)
Loading...
Ainda não há comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será visível. Os campos de preenchimento obrigatório estão assinalados com *