Como escolher uma agulha

As agulhas são dispositivos médico‑hospitalares de uso corrente. Consistem numa haste metálica fina, com uma extremidade pontiaguda que penetra no tecido. Podem ser utilizadas para realizar suturas, recolher uma amostra ou injetar uma substância no organismo.

Agulhas: ver produtos

  • Quais os principais tipos de agulhas para uso médico?

    Agulhas hipodérmicas Tenko Medical

    Agulhas hipodérmicas Tenko Medical

    Podemos distinguir três tipos principais de agulhas: de injeção, de colheita de amostras e de sutura.

    Agulhas de injeção

    As agulhas de injeção diferem em função da via de administração.

    • Agulhas hipodérmicas: servem para administrar um medicamento injetável no tecido celular subcutâneo do paciente. Este tipo de injeção pode ser realizado em hospitais, clínicas, centros de saúde ou mesmo no domicílio do paciente. A agulha é acoplada a uma seringa já preparada. Em certos casos, podem ser utilizadas canetas de injeção, que permitem ajustar com facilidade e precisão a dose a injetar. O medicamento vem em cartuchos que se inserem numa caneta reutilizável ou em canetas pré-cheias, descartáveis, não sendo assim necessário preparar a dose a partir de um frasco. A agulha deve ser substituída após cada utilização. Estes dispositivos são usados sobretudo para injeções de insulina (são as designadas canetas de insulina, ou canetas lancetadoras) ou ainda de alguns anticoagulantes.
    • Agulhas de injeção intravenosa: permitem introduzir um líquido, em geral uma solução medicamentosa, diretamente numa veia. Antes é colocado um garrote dez centímetros acima do local da injeção. A injeção intravenosa de medicamentos produz um efeito mais rápido do que a injeção hipodérmica. Além disso, evita o risco de reação dos tecidos subcutâneos ou musculares, que pode causar dor, edemas ou mesmo necrose, em casos extremos.

     

    Agulhas de colheita de amostras (ou agulhas de coleta)

    Agulha de sutura Mopec Europe

    Agulha de sutura Mopec Europe

    Estas agulhas têm duas aplicações principais: a colheita de sangue e as biopsias.

    • Colheita de sangue: para realizar uma colheita de sangue por punção venosa ou arterial, poderá ser necessário utilizar um garrote para tornar a veia mais saliente. Certas agulhas de colheita de sangue e de perfusão estão integradas num sistema de extração pré-montado, onde é introduzido diretamente o tubo de recolha.
    • Biopsias: as agulhas de biopsia são, na sua maioria, extremamente finas e resistentes. É, por exemplo, o caso das agulhas para punção lombar. A agulha é introduzida entre duas vértebras lombares da coluna e perfura a dura-máter, a membrana rígida fibrosa que protege a medula espinal, para se recolher uma amostra de líquido cefalorraquidiano. A análise de líquido cefalorraquidiano permite diagnosticar certas doenças, como a meningite bacteriana. O procedimento é efetuado com anestesia local.

     

    Agulhas de sutura, ou agulhas cirúrgicas: como o próprio nome indica, estas agulhas permitem suturar tecidos com fio de sutura, que pode ser absorvível ou não absorvível.

  • Que factores levar em conta para escolher uma agulha?

    Pistola de biópsia Sterylab

    Pistola de biópsia Sterylab

    A escolha deverá basear-se num conjunto de critérios que variam consoante o tipo de agulha.

    • Critérios de escolha de agulhas de injeção e de colheita de amostras:
      • Uso previsto;
      • Tamanho e diâmetro da agulha;
      • Volume da seringa;
      • Agulha só ou conjunto completo;
      • Agulha com dispositivo de segurança ou não;
    • Critérios de escolha de agulhas de biopsia:
      • Tipo de tecido da amostra (duro ou mole);
      • Profundidade de penetração da agulha;
      • Tamanho da amostra;
      • Agulha manual ou automática (tipo pistola de biopsia);
      • Cânula graduada ou não;
      • Agulha ecogénica (para biópsias guiadas por ultrassons) ou não;
    • Critérios de escolha de agulhas de sutura:
      • Tipo de tecido a suturar;
      • Diâmetro da agulha e espessura do fio;
      • Perfil de absorção do fio de sutura (não absorvível ou reabsorvível, de absorção rápida ou lenta);
  • Em que consistem as agulhas de segurança?

    Agulha de segurança Vogt Medical Vertrieb

    Agulha de segurança Vogt Medical Vertrieb

    Como o próprio nome indica, as agulhas de segurança estão equipadas com um dispositivo que visa proteger o utilizador de picadas acidentais. Existem dois tipos principais de sistemas de segurança:

    • Seringas com agulha retrátil: como o nome indica, a agulha retrai‑se para dentro do cilindro após utilização. O sistema de retração pode ser manual ou automático.
    • Agulha com tampa de proteção irreversível: trata‑se de uma tampa que cobre toda a agulha de forma definitiva após a sua utilização. A ativação do dispositivo de segurança é bastante prática e indicada por um clique audível. A proteção é irreversível, ou seja, não pode ser retirada. Desta forma, previne-se o risco de remoção involuntária da tampa, bem como de reutilização da agulha.
  • Como descartar uma seringa usada?

    Conjunto para eliminação de agulhas da D.R.M.

    Conjunto para eliminação de agulhas da D.R.M.

    Há certas regras a respeitar após a utilização de uma seringa, bem como diferentes formas de eliminá‑la. Estes são os principais passos a seguir:

    • Não volte a colocar a tampa numa seringa usada;
    • Não tente dobrar nem partir a seringa;
    • Se possível, utilize um destruidor de agulhas antes de a colocar no lixo;
    • Coloque a agulha num contentor próprio imediatamente após a sua utilização. Este contentor deve ser rígido e deve estar identificado com o símbolo de risco biológico;
    • Não encha demasiado o contentor. Respeite o limite de enchimento indicado no mesmo.
Related guides
1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (No Ratings Yet)
Loading...
No comment

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será visível. Os campos de preenchimento obrigatório estão assinalados com *